Blog

terça-feira, 18 de junho de 2019

Hora de renovar sua roupa de cama

Dicas da My Home

Para dar aquele visual novo ao seu quarto, que tal renovar a roupa de cama? Veja algumas dicas que separamos para você escolher as opções que considera mais confortável, além é claro de combinações de estampas lindas!

Vamos começar pelo básico: tamanho certo de lençol e os tipos.

Para que os lençóis fiquem organizados e bonitos na sua cama, escolha o tamanho certo, não muito pequeno e não muito grande. A grande maioria dos colchões puxem etiquetas com o tamanho certo, mas caso não haja, há 4 tamanhos padrões: King Size (2,00 m de largura e 2,00 m de comprimento), Queen Size (1,60 m de largura e 2,00 m de comprimento), Casal (1,40m de largura e 1,90 m de comprimento) e Solteiro (0,90 m de largura e 1,90 de comprimento).

Agora que você já sabe o tamanho vamos aos tipos de lençóis.

  • Microfibra: são feitos de fibras sintéticas de poliéster, acrílico ou nylon. Propiciam bom isolamento térmico e secam com facilidade.
  • Algodão: são excelentes para uso geral por serem macios, apresentarem bom custo benefício e são antialérgicos.
  • Percal: esse tecido, geralmente, pode ser uma composição mista de 50% poliéster e 50% algodão.
  • Seda e cetim: são clássicos na decoração e cada vez mais usados por seus princípios cosméticos. Por serem antiestéticos e deslizarem com facilidade, esses tipos de lençol são ideais para a manutenção da beleza da pele e cabelos.

 

Agora que finalizamos o lençol, vamos falar sobre o travesseiro. Tão importante quanto à roupa de cama, o travesseiro deve ser de acordo com a maneira que você costuma dormir.

  • Plumas ou penas de ganso: são os mais nobres e caros do mercado. Considerados os mais macios, esse tipo de travesseiro é maleável e leves, porém deve-se ter cuidado ao escolher este modelo, observe se a marca possui proteção antimicrobiana, pois quando não tratadas, as penas tornam-se um ambiente propício ao desenvolvimento de fungos e bactérias.
  • Espuma de poliuretano: são modelos com composição mais firme, não cedendo muito ao peso da cabeça, perfeito para costuma dormir de lado. Ressaltamos que este material é inflamável, então avalie bem ao escolher essa opção.
  • Espuma de látex: feito de fibra natural, este tipo de travesseiro é bastante confortável e possui um toque aveludado, além de ter como principal caraterística espuma perfurada que favorece a ventilação.
  • Espuma viscoelástica: o famoso “travesseiro da NASA”, tem espuma automoldável e termossensível, além de adaptar ao conforto e à temperatura da cabeça.
  • Flocos de espuma: feito de espuma comum e recortada em floco, o que melhora a circulação de ar e além de deixar este modelo mais macio.
  • Microfibra: apesar de ser mais leve e flexível que os outros tipos, este modelo tem como desvantagem a absorção de muito calor transferido pelo corpo ou ambiente.
  • Espumas com molas: isso mesmo, os travesseiros também podem ser feitos com molas. Feito de espuma e molas, permitindo maciez adequada e não deforma facilmente com o tempo, tendo assim uma durabilidade maior.

Gostou das dicas? Veja as fotos que separamos para você se inspirar e escolher seu novo jogo de cama.

Compartilhar:

Faça seu projeto conosco!